CENTRO DE ANDROLOGIA E UROLOGIA

              A fisioterapia pélvica é uma linha de tratamento conservador que pode ser associado ao tratamento farmacológico ou até mesmo cirúrgico.

              Abrange a terapia comportamental que se relaciona com a análise dos sintomas do paciente em relação ao meio ambiente, modificando seus hábitos miccionais.

              Através do diário miccional, o paciente monitora uma série de dados miccionais durante um período contínuo de 24 horas ou até 3 dias, registrando os horários das micções, volume de urina, troca de absorventes, episódios de incontinência urinária e a ingesta de líquidos. Esses dados são utilizados promovendo uma reeducação de seus hábitos através de micções programadas com o aumento progressivo dos intervalos, além de estratégias de controle do desejo miccional e orientações quanto à dieta e ingesta de líquidos.

              Os músculos do assoalho pélvico são avaliados através de técnicas de biofeedback eletromiográfico. A seguir a musculatura é exercitada a partir de contrações voluntárias e repetitivas, aumentando a força muscular e consequentemente a continência urinária.  

              A eletroestimulação do nervo tibial posterior, através de eletrodos de superfície, inibe a atividade vesical pela despolarização das fibras aferentes somáticas sacrais e lombares, resultando em respostas motora e sensitiva.

             Consulte um médico urologista e converse com uma fisioterapeuta pélvica especializada.

 

    Daniele Varela

 

Fisioterapeuta Pélvica