CENTRO DE ANDROLOGIA E UROLOGIA

Varicocele.

               Varicocele é a dilatação do plexo pampiniforme, ou seja, do conjunto de veias dos testículos. Pode comprometer o funcionamento do testículo, podendo acarretar problemas de fertilidade nos homens. Entretanto, cerca de 70% dos homens que possuem varicocele não apresentam alterações no seu sêmen. É mais comum à esquerda, sendo que em 80 a 95% dos casos ela está presente somente deste lado

                A prevalência de varicocele é de 15 a 20%, entretanto, entre homens inférteis é muito frequente, podendo estar presente em 40% deles.

                A maioria dos homens com esta patologia não apresenta sintomas e o diagnóstico é feito através do exame médico, durante a investigação da dificuldade em ter filhos. Entretanto, alguns indivíduos podem apresentar queixas como sensação de peso, dor testicular intermitente ou aumento do volume da bolsa escrotal.

                A presença de varicocele pode afetar tanto a produção dos espermatozoides, quantidade e concentração, quanto a qualidade dos mesmos. Existem diversos graus de varicocele, porém não há correlação entre a sua graduação e a gravidade da infertilidade, no entanto a varicocele de grau subclínico, ou seja, quando é feito o diagnóstico somente por ultrassonografia não está associada com alterações da fertilidade e, não necessita qualquer tipo de tratamento.

                Quando a varicocele é congênita (desde o nascimento), pode comprometer o desenvolvimento testicular nos meninos. Nesses casos, o testículo afetado pela varicocele pode não crescer adequadamente.

                 As indicações de tratamento da varicocele são divididas de acordo com a idade em que elas se apresentam. Nos meninos ou adolescentes, a indicação de tratamento se dá quando há assimetria entre os testículos, ou seja, quando um ou os dois testículos apresentar retardo no seu desenvolvimento; nos adultos, quando há alteração nos parâmetros seminais, acarretando infertilidade.

                 O tratamento da varicocele é cirúrgico. Há várias técnicas cirúrgicas, porém a microcirúrgica é a que apresenta os melhores resultados e as menores taxas de complicações.

                 Aproximadamente 60 a 70% dos homens apresentam melhora nos parâmetros seminais após a cirurgia, que também pode reverter o atraso no desenvolvimento dos meninos afetados.


Dr Caio Schmitt

CREMERS 25998